segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

A "MONTANHA VIVA" DE HENRIQUETA LISBOA

“Não haverá, em nosso acervo poético, instantes
mais altos do que os atingidos por
este tímido e esquivo poeta.”
(Carlos Drummond de Andrade,
em crônica acerca da obra de Henriqueta)
Hoje visitaremos, Henriqueta Lisboa, poeta de lírica irretocácel, tantas vezes esquecida pelas antologias nacionais. Ela não se dedicava a cantar os grandes fatos, sua poesia ganhava forma por meio da observação dos detalhes do mundo. Em breves estrofes de miraculosa beleza ela metamorfoseava em poesia os menores seres, as pequeníssimas coisas ou os segredos de um instante. O mínimo elevado ao máximo de sua potência, eis a segredosa herança de Henriqueta.

Muitos d
os livros de Henriqueta alcançaram largo reconhecimento, tendo sido traduzidos para vários idiomas em todos os continentes. Talvez Henriqueta esteja longe de ser "obscura", enquanto poeta. Porém, entre os livros aos quais ela deu vida, alguns ainda encontram-se no limbo do não-reconhecimento literário. Dentre eles, destacaremos aqui aquela que talvez seja sua maior criação artística: "Montanha Viva - Caraça" (1959). Depois de uma temporada na famigerada "Serra do Caraça", cuja fama e história se confundem com a própria formação do espírito mineiro do século XIX, nossa poeta deu vida à Serra, cantando seus silêncios e solidões em versos de rara beleza.


Cada detalhe da Serra, que no passar dos séculos viveu muitas e intensas vocações (colégio, hospedaria, centro de peregrinações religiosas, espaço de pesquisa, seminário, parque natural), foi poetizado com magnífica destreza. Assim, o sino já não era mais somente um instrumento de alerta, mas "o fiel coração do santo Irmão"; nem ao menos a camélia seria doravante um simples flor, mas alcançaria a alcunha de "círculo em que se encontram os corações". Equanto esteve no caraça, Henriqueta fez de quase tudo motivo para sua poesia lírico-minimalista, principalmente aquilo que sempre escapa à nossa vista tão cansada por olhar com mais frequência o grosso e o bruto do mundo. A Serra do Caraça, sempre bela e imponente, pôde descobrir a partir da publicação de "Montanha Viva" uma nova vocação em sua vasta história, a vocação para beleza dos menores detalhes.

Para encerrar um poema do Montanha Viva, cuja inspiração de Henriqueta emergiu da contemplação de uma "pedra em forma de gente".



Solidão

Um homem na solidão
- que perene solilóquio! -
fala profundo a si próprio.
Fala a Deus em termos claros
a fluírem das mesmas águas
pela eternidade em curso.
Fala com tremor na voz
para que relvas e musgos
a palavra testemunhem.
Fala com os ventos diversos
para que a mensagem levem
aos ouvidos do horizonte.
Fala com o penhor das rochas
para que as estrelas o ouçam
desde a pedra em que se assenta:
"Da pedra de solidão
hei de levantar um templo".


Pax tecum amicis.
Até Breve.





66 comentários:

  1. Bem legal o Blog,
    parabéns,
    depois passa no
    Tudo é História
    http://tudehistoria.blogspot.com/
    "Opiniões diferentes, para pessoas diferentes"
    blog super leve, facil de carregar!!!!
    Vote na enquete na Samara Felippo

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia ela, vlw por enriquecer minha cultura!
    Belo poema esse, não?
    até logo o/

    ResponderExcluir
  3. Realmente um belíssimo poema! Sei o qnto vc se identifica com ele, por conhecer o Caraça e, este representar tanto para ti! Espero um dia conhecer esta beleza de detalhes pequenos, porém tocantes à alma de quem os vê! Um beijo Adriano, saudades suas! Letícia

    ResponderExcluir
  4. Fico até envergonhado de comentar... Está tudo tão perfeito. O texto e o poema em seguida. Muito bom mesmo. Você tem estilo.

    Valeu!

    ResponderExcluir
  5. Não sou muito ligado nessa poesia antiga não

    ResponderExcluir
  6. é sempre bom conhecer outros escritores, eu adoro literatura mas gosto mais da lit moderna! Bom o poema, é bom para para pensar! Um beijo!

    ResponderExcluir
  7. ADOREI o blog... não sei se é pq sou estudante de Letras Vernáculas, mas me identifikei c/ o estilo! parabe´ns!! Vou acompanhar vuh?? seguidora ;)
    xeru

    p.s.: s kiser dar uma olhadinah nu meu http://jaconapacheco.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá! :)
    Obrigada pela visita lá no blog!
    Uma hora volto para ler com mais calma seus posts, muito legal seu blog!

    Até ;*

    ResponderExcluir
  9. Adoro Literatura, não conhecia Henriqueta Lisboa, muito bom seu blog difusão da cultura é sempre bom.

    ResponderExcluir
  10. Gosto da obra de Henriqueta Lisboa.
    Parece que ela sussurra os poemas em nossos ouvidos de tão leve sua palavra!

    ResponderExcluir
  11. rê, não chega a ser um sussurro, talvez um semi-sussurro, quase parecido com o bater de asas de alguma borboleta. eis a essência da poesia de henriqueta.

    ResponderExcluir
  12. muito bom o texto e o poema, parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  13. Legal teu blog!
    Bem interessante mesmo
    curti a vera xD

    www.carta-anonima.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. mto legal , com poemas otimos =)

    passa no meu '

    e belo blog , pois nem é pesado
    xD

    ResponderExcluir
  15. Seu blog está com poucas visitas? Quase nenhuma? Morrendo?
    Nós temos a solução, cadastre ele num sistema onde vai exibir seu banner em vários lugares ao mesmo tempo. Saiba quantos cliques você recebeu e quantas vezes apareceu. Cadastro simples e rápido, não perca tempo de mostrar seu blog ao mundo! Cadastre ele agora mesmo, entre no site e saiba mais.

    www.trocaab.tk

    ResponderExcluir
  16. Henriqueta Lisboa?
    Q NOME ESQUISITO...
    RSRS
    Ñ CONHECIA ..
    + FOI BOM CONHECER...
    BJO!.

    ResponderExcluir
  17. Gostei do blog,
    dos assuntos e da aparência tbm!
    ^^'

    Da p aprender um 'bucado' com tudo isso!

    E obg pela visitinha ao meu blog!

    ResponderExcluir
  18. Realmente, nunca tinha ouvido falar de Henriqueta Lisboa. Acho que ela não é uma das favoritas da Academia né? (ou pelo menos dos professores de literatura rs...)

    Mas o poema me agradou ;)

    Parabéns pelo blog rapaz. Gostei do formato, do texto... de tudo!

    Espero pela sua visita:

    BLOG MENTE CUCA
    http://mentecuca.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. nossa, o poema eh realmente muito bom, essa poetisa parece ser muito talentosa, não conhecia... seu blog enriquece bastante nossa cultura, parabéns pela iniciativa!

    abraços
    http://filme-pipoca.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Muito bom trazer ao nosso conhecimento pessoas que passam desapercebidas pela grande mídia.
    Texto coeso.

    bj

    ResponderExcluir
  21. Buraco seria a palavra mais apropriada.



    Ótimo o conteúdo do seu blog.
    Vou devorá-lo.







    http://putoanonimo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Otimo Blog.

    Parabéns.

    depois passa no meu
    Blog Hora de Baixar.
    http://horadebaiixar.blogspot.com/
    Músicas p/ Baixar. :D
    Comunidade Hora de Baixar.
    Faça o Pedido da música que você que baixar que eu posto o Link p/ baixar.
    http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=83386401
    Participe!

    ResponderExcluir
  23. muito legal o blog
    vo volta sempre


    http://sonabrisa.nomemix.com/
    comente as postagen mais antigas tabem,
    e entre na comunidade dele
    http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=23965519
    atualização diaria.

    ResponderExcluir
  24. Acabei de ler,
    reler..

    Entendi, sim - mas não posso comentar mais nada que isso.
    Mas admiro a sua capacidade de escrever isso.
    Parabéns.










    http://putoanonimo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Massa o texto parabens, blog massa!

    de uma passada la

    http://becostreito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Confesso nunca ter ouvido falar de Henriqueta Lisboa. E você com toda essa descrição da poeta, nos dá vontade de conhece-la, ainda mais que tem a Serra do Caraça como inspiração. Que é pertinho de BH, onde eu moro.

    Abraços

    ResponderExcluir
  27. Obrigado pelo comentário lá no blog. Enquanto o meu é mais pop o seu é mais erudito. Gosto disso, cria-se um público cativo fácil, mas é difícil para outras pessoas com um repertório menor compreender o texto. Gostei mesmo. Nossa, eu ia só agradecer o comentário rs.

    Valeu!

    ResponderExcluir
  28. Pode não ser a sua praia, mas como se trata de brasilidade, gostaria de te convidar a ver a entrevista com o pessoal da Donsoft lá no meu blog http://brasilstation.blogspot.com . Eles lançaram um jogo totalmente nacional.

    Espero que goste e comente!

    Valeu!

    ResponderExcluir
  29. Eu conheci ele nas literaturas da vida das aulas da famosa professoria de portugues!

    ResponderExcluir
  30. Muito interessante seu blog, gostei

    aceita parceria de links?

    ResponderExcluir
  31. muito obrigada pela informação

    nem conhecia ela rsrs
    vou procurar saber mais dela, pelo que você disse, parece ser um trabalho interessante

    ResponderExcluir
  32. a mina sabe escrever e eu sou uma analfabeto- nao vai dar certo. henriqueta lisboa - muito foda mas nao consigo captar. sou um ignorante.

    ResponderExcluir
  33. Eu tb não conhecia e adorei .. adoro blogs que faz com que decobrimos coisas novas e que realmente valem apena .. parabéns!!

    Abç.

    ResponderExcluir
  34. Eu como algumas pessoas que comentaram no seu blog, não conhecia Henriqueta...
    Blogs com carater cultural "AMO MUITO TUDO ISSO",
    olhar os pequenos detalhes da vida assim como a Henriqueta, nos fazem enxergar grandes detalhes até então desconhecidos. bjão

    ResponderExcluir
  35. Não conheço a autora. Apesar de gostar de poesia, conheço pouco sobre ela e seus poetas menos canônicos.

    Acho interessante a apresentação e análise de obras da literatura brasileira, enriquece e faz as pessoas terem mais gosto pela literatura na web.

    Bom blog!

    Tiago Sant'Ana
    www.jornalistadepeso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  36. adri"anus"(jamais ia perder uma oportunidade para sacanear) - nao sei escrever e tenho conciencia disto. voce me treme com seu estilo literario-eu faço entreterimento/cagadas e voce faz arte - o que é legal é que nao competimos. voce concorre com pessoas do seu nivel - intelectuais - eu concorro com a rafuagem e me sinto feliz- o legal é que tem uns cuzao metido a fazer coisas que nem tu e nao sabem nada. sorte ao banquete dos mendigos - vou tentar ser muito pior que o hermes e renato numa versao blogspot literaria-se os meus textos puderem ser considerados literatura ...fui.
    (to contribuindo para abreviar a agonia da lingua portuguesa antes de morrer!!)

    ResponderExcluir
  37. antes da lingua portuguesa ser esquecida para ser melhor comprendido pois a gurizada fudeu tudo.depois de velho que nao vou aprender a escrever.fui de novo.

    ResponderExcluir
  38. Adorei o blog.
    Realmente muito bom.
    Voltarei sempre.
    Abraço

    ResponderExcluir
  39. Que legal teu blog...

    Parabéns hein

    Abraço.

    ( http://saulolopes.blogspot.com )

    ResponderExcluir
  40. po bem massa teu blog..teus textos..

    vou voltar aki mais vezes!

    ResponderExcluir
  41. Não conhecia Henrique Lisboa, seu blog é enriquecedor, bastante interessante, parabéns!!!
    Lindo poema.

    Levo um pouco de ti, e aqui deixaria um tanto de mim:
    http://sientoquememirandecerca.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  42. Henriqueta Lisboaa *-*
    nossa adoro pensar nela, primeiro porque amo poesia, segundo porque sou mineira me dá orgulho! =D
    Bela escolha do poema... (embora o meu favorito seja 'assim é o medo')

    beeeijos ;*

    http://poupeechi.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  43. Conterrâneo então, legal isso :)
    ainda por cima um conterrâneo que goste de poesia ^^
    acompanhando o blog...
    até breve

    ResponderExcluir
  44. bacana o blog , parabens!
    continue o bom trabalho!

    de uma passada la

    http://becostreito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  45. Salve Salve CDA e salve Henriqueta, pouco conhecida pelos brasileiros... infelizmente, gostei do poema que vc escolheu! abraço

    ResponderExcluir
  46. Nossa... adorei o poema....
    parabéns pelo blog...

    Abraços
    http://minhascontas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  47. A poesia dela realmente é muito bonita, vou pesqusar mais sobre Henriqueta Lisboa.

    Um abraço!

    http://daniel.a.s.zip.net

    ResponderExcluir
  48. Belo poema!
    Belo texto!
    Belo blog!
    ^^
    Amo poemas e o seu jeito de escrever o texto realmente me impressionou (positivamente). Adorei!

    Abraços

    ResponderExcluir
  49. BELO BLOG, POSTS BONS E BELO TEMPLATE.
    UM ABRAÇO!

    ResponderExcluir
  50. muito bom o blog,
    não conhecia essa.
    boa sorte com o blog

    se puder
    http://sonabrisa.nomemix.com/

    ResponderExcluir
  51. Pra vc tb!
    Que artigo mais bem escrito! Tenho gosto de entrar em blogs assim. Não conhecia a Henriqueta, mas amei descobri-la nessa pequena aula que vc deu e o poema é magnífico.
    Parabéns!
    E quando tiver um tempinho, seria um prazer te receber lá no Babel, tá bom?
    Bjs!

    ResponderExcluir
  52. muito bom...
    blog informativo com bons textos
    e um layout que tem tudo a ve com o tema que o blog aborda!!
    parabens!!

    ResponderExcluir
  53. Amei o blog! Adoro info, cultuira em geral ;)

    BjoxXD!

    KthY?

    ResponderExcluir
  54. ola querido..obrigado pelo comentario la no blog.
    E nos siga mesmo,nao paga nada!!
    rsrs

    bacana seu blog,tambem.
    bjo

    http://nadadelicada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  55. cultura de graça no Brasil deveria ser direito de todos, que maravilhoso existir blog e pessoas como você que querem repartir isso com milhares de pessoas....

    Não conhecia esse poema... Como tanta coisa por aqui, vai ajudar muito! Ameiiiiiii
    aquele abraço,

    www.doisps.blogspot.com

    ResponderExcluir
  56. Que idéia maravilhosa!
    Adorei receber esse presente.
    Vou apreciar sempre que possível.
    Sei que tenho muito que aprender, muito obrigado meu amigo...
    Um grande abraço!


    Lucimar Maia

    ResponderExcluir
  57. muito legal parabens
    seu blog eh d++

    se puder
    http://sonabrisa.nomemix.com/
    comente as postagen mais antigas tabem,
    e entre na comunidade dele
    http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=23965519
    atualização diaria.

    ResponderExcluir
  58. Gostei muito da escolha do poema. Tenho um carinho especial pela literatura mineira. Sabino sem dúvidas é o meu grande escritor. Vou procurar mais a respeito da Henriqueta. Realmente ela geralmente fica restrita a notas breves em livros de literatura.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  59. Que lindo poema, e que texto enriquecedor.
    Beijinhos!
    http://www.cgfilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  60. Querido amigo avassalador...
    Que perola voce indicou!!!!!
    Amei!

    ResponderExcluir

Comente à vontade, contanto que prime pelo bom uso do imperativo categórico Kantiano: "Não faça com os outros que aquilo que você não gostaria que fosse feito com você";. Assim Seja. Pelos Séculos dos Séculos. Amém.